Como escolher um bom vinho para um jantar ou almoço especial

Um bom vinhoCom a quantidade de vinhos deliciosos no mercado, fica difícil de escolher o melhor para aquele jantar/almoço especial. Reunimos sete dicas para não falhar na hora de decisão:

 

  1. Aprender a ler a etiqueta do vinho

Na hora de escolha do melhor vinho, saber ler a etiqueta é muito importante visto que não vai ser um rótulo “mais atraente” que lhe vai prestar as informações necessárias, mas sim todos os conhecimentos nela presentes:

  • Região

Vinhos das regiões maiores e mais vagas são geralmente vinhos-poupança, enquanto os vinhos de vinhas menores e mais especificas são tipicamente de maior qualidade

  • Vintage

Menciona o ano em que as uvas foram colhidas. Quanto maior o valor, mais vintage o vinho é

  • Variedade

Tipo de uva usada na produção do vinho

  • Volume de álcool

Refere quão rico um vinho pode ser. Quanto mais elevado o volume de álcool de um vinho é, significa que são feitos a partir de uvas mais maduras do que outros que têm sabores fortes

 

  1. Considere comprar vários vinhos

Como já falado em artigos anteriores, as combinações vinho-prato é essencial, principalmente num jantar/almoço especial. Por isso, aconselha-se vários vinhos: um para entradas, outro para o prato principal e um terceiro para sobremesas.

 

  1. Pedir opinião

Quando não se percebe muito deste “assunto” o melhor mesmo é pedir conselho ao funcionário, ele de certo conhece o produto que está a vender melhor que ninguém.

 

  1. Manter o foco sobre o prato principal

Com tanta variedade de vinhos, todos podem parecer o “ideal” para a ocasião, mas não é bem assim, é importante ter em conta que mesmo os melhores vinhos podem ser uma incompatibilidade quando servidos com os alimentos errados.

 

  1. Não confundir preço com qualidade

Ao contrario o que as pessoas, geralmente pensam o preço deste produto não determina necessariamente a qualidade dele ou garantia de que será apreciado.

 

  1. Estabelecer um orçamento

Um jantar/almoço especial é bastante dispendioso, portanto, antes da hora de se dirigir ao local de compra do vinho estabeleça quanto está disposto a gastar. De certo que o irá ajudar a escolher.

 

  1. O que é nacional é bom

Portugal é conhecido internacionalmente por ter e ser o maior produtor dos melhores vinhos que existem, portanto, não precisa de comprar um vinho internacional ou exótico para ser bom.